doenças degenerativas nos animais domésticos

28 02 2011

com o tempo os animais estão vivendo cada vez mais. as pessoas estão mais conscientes, não deixam eles se reproduzirem a torto e a direito, alimentam com ração, levam esporadicamente ao veterinário. Por isso é muito comum encontrarmos pessoas que possuem pets idosos, especialmente os cães e gatos. Um ponto importante é q cada doença tem sua idade alvo. a parvovirose, por exemplo, atinge muito mais filhotes e jovens do que adultos. e neste artigo quero comentar um pouco sobre doenças que atingem velhinhos.

a doença mais importante, na minha opinião, é a cinomose. sim, a mesma q causa diarreias e secreção nos olhos dos filhotes, mas que nos idosos atinge o sistema nervoso e deixa eles confusos, começam com comportamentos estranhos. esta é uma doença muito comum e pouco diagnosticada, por que muita gente simplesmente ignora e acha q o cão ta velho, por isso q ta “louquinho”, andando em circulos e tal. e o pior de tudo é q a vacina protegeria o animal deste virus que empesteia a maior parte do mundo.

Outra doença importante, que é muito conhecida em seres humanos, mas acaba sendo um tanto esquecido entre os pets, é o mal de alzheimer, tecnicamente conhecida como angiopatia amiloide. nesta doença, o animal pode apresentar convulsões, problemas para se alimentar, uivo noturno, muda o periodo q ele dorme ou está alerta, erra o lado da porta, entre outras alterações de comportamento.

outro problema importante é o cancer, o aparecimento de massas dentro do cranio do animal, que pressionam o tecido “util” do cerebro e ai os problemas são variadissimos, e vai depender de que área do cerebro esta sendo pressionado.

parece que é muito genérico e igual, não parece? pq é! mas tudo pode ser tratado. portanto, se seu cão passou a vida inteira se comportando de determinada forma, caso ele mude bruscamente (ou não), não espere. leve-o ao médico veterinário de sua confiança e conte tudo, para que seja tratado o mais rápido possivel, dando assim uma vida mais confortável na aposentadoria do seu melhor amigo. senilidade não é sinal de loucura nem de falta de noção.





contraceptivo injetável em cães e gatos

19 01 2011

já que a @vikamila comentou, vou escrever um pouquinho sobre um dos grandes problemas q temos na medicina veterinaria de pequenos animais: injeção contra filhote, conhecida nos meios técnicos como anti-conceptivos injetaveis.

primeiro é importante saber que o corpo possui um sistema de comunicação interno, tipo um correio. a mensagem (hormônio) precisa de uma caixa de correio adequada (receptor) q fica na porta das casas (na membrana da célula). qdo a mensagem entra na caixa de correio, ai a célula da uma lida na mensagem e ocorrem os efeitos desejados.

um exemplinho rapido antes de avançarmos: quando vc toma um susto, a adrenalina (mensagem) vai pro sangue, chega no receptor adrenérgico (caixa de correio), o coração responde batendo mais rapido e mais forte.

eles são normalmente agentes derivados da progesterona. mas o q ela faz? basicamente avisa pro utero que tem bebezinhos la, crescendo, e q é pra segurar a onda pra proteger eles. mas isto tem repercussões gravissimas.

o primeiro problema é q pra termos um ambiente aconchegante para os bebes, temos de adaptar o utero para tanto. então a mensagem, quando lida pelas células do utero, é entendida como “se multipliquem e preparem um local onde os fetinhos possam se alimentar e crescer”. importante ressaltar que tem uma diferença entre quando chega uma carta e quando chega UMA MONTANHA de cartas. se chega o estimulo em demasia, o efeito tb será gde. e não tem como controlar isto, ao não ser naturalmente, com bebezinhos de verdade no utero.

como não tem ninguem lá, o q acontece é q se prepara uma área MTO maior do q normalmente, o chamado “hiperplasia endometrial”, o q quer dizer q tem uns pedaços do utero crescendo demais, de forma anormal. ai entra uma outra preocupação. e se tiver uma bacteriazinha nessas? ai pode levar a piometra, uma infecção com pus no utero, o q leva a uma cirurgia de emergencia, cara e potencialmente problemática.

alem disso, tem ainda o problema dos tumores. imagine q tem uma celula modificada lá no meio das mamas ou do utero, q de repente recebe uma pancada de mensagens enlouquecidas pedindo pra q ela se prepare pra fazer leite ou para que preparem o espaço para as crianças. ai… o q era UMA celula pode se tornar uma legião, tornando este cancer “ativo” e prejudicial.

portanto, CASTRE. é MUITO mais facil, rapido, comodo e barato a longo prazo. vc vai ser obrigado a conviver com seu animal entre 10 e 25 anos, então ja q é pra fazer, faça direito.





neoplasia – resumão para o público geral

12 01 2011

por causa do meu ultimo post, q foi retuitado pela minha queridissima @vikamila, do http://mundodavika.blogspot.com/, e acredito que por isso eu tenha recebido um monte de visitas e ate mesmo uns feedbacks, então vou abordar um pouco mais a fundo um tema q incomodou uma pessoa especificamente, q não vou citar, se ela quiser, q apareça nos posts.

o cancer é uma doença q funciona como uma festa legal em são paulo: as pessoas vão se amontoando pq não tem noção, e qto mais bomba, mais gente acha q deve estar superlegal, e não super lotado, dificil de pegar qquer coisa no bar, de entrar, com gente irritada pelas dificuldades e etc.

nos seres humanos isso normalmente acontece pelo consumo de alcool e falta de neuronios. no caso das células cancerosas, elas perdem a noção de que ja tem mta célula. se tem uma em cima, uma embaixo e uma em cada lado, pq eu vou continuar me replicando?

o sistema imune, a policia do corpo, que deveria perceber q estas células são modificadas e perderam a noção, agem como se tudo estivesse normal. elas vão la fazer a ronda, pedem os documentos das células (conhecidos como complexos de histocompatibilidade) e esta tudo ok.

o documento chega a ser MTO falsificado no caso das metastases, pq a policia tb verifica se a célula do fígado é realmente do fígado, e não é um “imigrante ilegal”.

agora, esta é uma explicação simples do como ocorre o cancer. esmiuçando AS CAUSAS, o q aperta o gatilho, chegamos em assuntos extremamente complexos e variados, já que é como um livro de instruções (q é o DNA) e inserirmos algumas poucas modificações (as mutações). todos os seres vivos possuem mutações, so q são poucas e pontuais, e elas vão se acumulando com o tempo, de acordo com q envelhecemos e somos expostos a agentes mutagenicos, o q vai desde a luz ultravioleta até itens da nossa alimentação.

nosso manual de instruções vai se tornando cada vez mais ilegivel e muitas das ações q ele descreve acabam gerando outros efeitos ou se tornando inuteis. e essas células acabam sendo eliminadas, pq invariavelmente elas modificam os documentos (o complexo de histocompatibilidade).

mas… e qdo a mutação atinge justamente uma página q qdo mal interpretada pode levar a um cancer? ai q está… nosso DNA tem pontos importantes q podem desencadear a doença. são as “páginas” q tem q ser lidas direito e cuja modificação de pouca coisa pode dar merda. são os oncogenes, proto oncogenes.

Porem o mundo não é justo. algumas pessoas podem ter genes modificados de nascença, seja pq JUSTAMENTE AQUELE ovulo foi atingido por uma radiação q modifcou JUSTAMENTE aquele ponto, seja por outro motivo, q são mtos, já q é MTA complexidade, como vcs puderam acompanhar. ai neste caso, q não é o mais comum, o individuo pode apresentar um cancer sem ser idoso.

pra tranquilizar: nosso codigo genético tem o equivalente de informação de uma bibloteca das boas. então pra uma pessoa normal conseguir ter uma neoplasia é um tanto obra do acaso, e por isso q essas doenças são mais ligadas a terceira idade, o q não significa mta coisa, pq para seres humanos os traumas (tipo atropelamento) e doenças vasculares (ataque do coração e similares) são mais importantes q as neoplasias.

portanto: mantenha sua vida saudável e mantenha a vida do seu animal de estimação saudável. isto vai gerar anos e anos de tranquilidade, felicidade e a certeza de q vc fez tudo o possivel para que a vida do seu amigo fosse a melhor possivel.